FREGUESIA DE MÓS - ANTIGA VILA MEDIEVAL - [NO INTERIOR TRANSMONTANO - VISITE]

LIVRO
⇔ LIVRODEVISITAS ⇔
VISITAS

Mós -  Antiga Vila Medieval

↑ Grab this Headline Animator

Comissão de Festas de Mós - Notificada de Despejo

Notificação Junta de Freguesia de Mós

6 comentários:

Belarmino,  25/04/2010, 08:21:00  

Esta carta vem esclarecer a verdade. Pelos vistos, ainda havia pessoas que não acreditavam neste acto por parte da Junta, que, no meu entender deveriam fundamentar os motivos que levaram a esta atitude. Também acho que uma acção de despejo deveria revestir-se de uma forma jurídica, ou seja, deveria ser emitida por um Tribunal.Quanto à afirmação que o foi o actual presidente da Junta que cedeu este espaço à Comissão de Festas, também não é verdade porque, por exemplo, a Comissão de 1987 era formada por - Luis Lopes; Belarmino de Deus e Júlio Monje. Já nessa altura este espaço estava concedido à Comissão, pela Junta e não era este Sr. o Presidente e também não estávamos sujeitos a qualquer horário imposto pele executivo.
Vamos fazer a vontade à Junta de Freguesia, certamente iremos retirar tudo aquilo que é da Comissão de Festas e também do GDCRM

Verinha 26/04/2010, 09:39:00  

A prova está aqui... agora so nao acredita quem nao quer... ou continuam com duvidas? em relaçao a isto eu nao, mas continuo com uma duvida, que ate espera neste blog uma resposta pela parte da junta de freguesia, o porque de retirar o espaçao!

Sem essa explicação, so significa apenas uma coisa, apenas vingança!!!!

Parapato,  26/04/2010, 20:28:00  

Na minha opinião, esta assunto deveria ter honra de uma reportagem de televisão. Pergunto a qualquer cidadão com ou sem perfil juridiscional e todos são unânimes e respondem que nunca viram uma atitude destas. Ao falarmos de um imóvel cujo inquilino, com ou sem renda, era uma Comissão de Festas, pelos vistos hà mais de vinte anos, porquê uma acção de despejo? Dos três elementos da Junta que assinaram esta decisão, ninguém teve o cuidade de se informar sobre a legalidade desta acto? Não seria difícil procurar um advogado, meter o processo em Tribunal e este sim, deliberar uma acção de despejo. Por este caminho, temos de redobrar os nossos cuidados e estarmos atentos às próximas decisões da Junta porque podem vir aí muitas surpresas desagradáveis. Vamos confiar o futuro desta aldeia a quem não entende de normas jurídicas e o mais grave, não se informa acerca delas? Não vou comentar o conteúdo e os erros que se verificam na carta porque ninguém nasce ensinado e todos temos o direito de errar. Tenho conhecimento que esta Junta é associada da ANAFRE, entidade que tem condições para efectuar um acompanhamento jurídico, de forma a que não se repitam mais atitudes destas porque, quem perde, é a nossa terra por ser conhecida pela pior razão. Por este motivo, mais uma vez aconselho: informem-se, pensem antes de agir e não trabalhem para a vingança porque o povo não merece isto

Dona Maria das Nabiças,  26/04/2010, 23:53:00  

A Liberdade só Existe com Lei e Poder
Liberdade e lei (pela qual a liberdade é limitada) são os dois eixos em torno dos quais gira a legislação civil. Mas, a fim de que a lei seja eficaz, em vez de ser uma simples recomendação, deve ser acrescentado um meio-termo, o poder, que, ligado aos princípios da liberdade, garanta o sucesso dos da lei. É possível conceber apenas quatro formas de combinação desse único elemento com os dois primeiros:
A. Lei e liberdade sem poder (“Anarquia”, na Junta de Mós).
B. Lei e poder sem liberdade (“Despotismo”, na Junta de Mós).
C. Poder sem liberdade nem lei (“Barbárie”, na Junta de Mós).
D. Poder com liberdade e lei (“República”, há 12 anos que ainda não chegou a Junta de Mós).
Depois disto, só posso concluir uma coisa, é que o povo de Mós esta muito bem representado no Município de Torre de Moncorvo, sabendo que o Presidente, a secretaria e o Tesoureiro desconhece completamente as suas competência. Ou será que o Ministério Público passou a estar localizado em Mós e constituído por 3 pessoas desconhecendo a Lei.
Mas, esta EQUIPA, não se enganou de sítio ou estão-se completamente a BORRIFAR para a Freguesia de Mós. Para alem disto, foi o PRIMEIRO oficio que a Junta fez desde o inicio do ano !!!!!
Será que esta Junta trabalha a favor do povo em (FULLTIME) ou trabalha a (PART-TIME) ou seja, nos seus tempos livre, porque já não tem assunto pessoas a resolver. No meio disto tudo, só posso concluir que o povo de Mós vive na incerteza com uma equipa destas a frente da Junta ….

Belarmino,  27/04/2010, 21:42:00  

Chegou o célebre dia do despejo. Perante as forças policiais (GNR) que até aqui só tinham acompanhado a nossa padroeira nas procissões mas aqui com outra intenção, estas testemunharam o esvaziar de um espaço que começou por ser do Grupo Desportivo Cultural e Recreativo de Mós (de 1983 até 1987) e a partir dessa data até hoje (27/04/2010), pertenceu à Comissão de Festas de Santa Bárbara. Custa sentir 27 anos de convívio, eventos e alegrias, esfumarem-se em duas horas. Foi retirado tudo quanto pertencia ao GDCRM e Comissão de Festas, incluindo o balcão de serviço ao bar, testemunha de tantas conversas e alegrias entre as gentes de Mós e forasteiros. Mas, voltando ao passado, todos se recordam quem encerrou o Clube, comprando um terreno e com a esperança de um dia construir nele uma nova sede com outras condições. Entretanto, no início dessa esperança, montou um café (com todo o direito), usando o seu perfil de empresário e também na esperança de captar os clientes que também o eram do GDCRM. Perante esta situação, acho que não haveria interesse em reactivar o GDCRM talvez pela concorrência que o pobre clube da terra poderia fazer ao citado espaço comercial. Hoje, verifica-se que o terreno, embora pertença ao clube (falta liquidar cerca de 500€), nunca houve qualquer evolução no citado projecto. Coincidência ou não, a mesma pessoa que naquela altura dirigia este clube, mais uma vez ordenou que fosse encerrada a mesma porta, usando agora de outros poderes que o não são. Nós somos educados e tolerantes e por isso obedecemos a uma ordem que mais parece uma ditadura. Fica a nossa tristeza e principalmente a minha que deixo um pedaço de mim no encerramento daquela porta, pelo motivo que levo 23 anos a fio na defesa de uma causa que muita alegria me transmitiu "FESTAS DE SANTA BÁRBARA". Como diz o Sr. presidente, as Comissões podem trabalhar debaixo das árvores, ninguém se admire desta afirmação porque ele já demonstrou que, particularmente, não é a favor das Festas. Este executivo da Junta tem finalmente o espaço que pretendia, de certeza que não necessitam dele e agora falta saber quem pretendem prendar com o mesmo. À Santa Bárbara não é certamente.
Por Mós, sempre. ..................

Verinha 28/04/2010, 09:50:00  

É com muito tristeza minha que recebo esta noticia! Sempre conheci aquele espaço como um espaço de convivio, onde principalmente no mês de Agosto se enchia de gente devolta do balcão bebendo o seu copinho e convivendo entre todos! e outros no fresco do interior jogando cartas! e muitas outras lembranças que irão ficar no meu coração até pelo menos 4 anos, apartir daí se verá coma atitude que a pessoa ficar no poder tomará!

è muito triste estes actos!
Mas continuo com uma pergunta dentro de mim, o porque disto sr presidente? gostaria de obter uma resposta.

Enviar um comentário

Antes de Comentar identifique-se saiba que este espaço tem localização de IP e rede, e através destes meios sabemos de onde vêm, os comentários anónimos serão sempre analisados, antes de serem publicados.
Os Comentários deste Blog/Site são publicados sem edição prévia, pelo que pedimos que respeite os nossos Critérios de Publicação. O seu endereço de IP e Rede não serão divulgados, mas ficarão na nossa base de dados. Não são tolerados neste blog/site comentários ofensivos. As caixas de comentários servem para abrir o debate ou entregar sugestões sobre os textos mas não são espaços para a calúnia ou comentário maldicente....

AVISO:-

O comentário será retirado do blog se:
- Não tiver relação com o assunto do post ou com o blog;
- Fizer propaganda (de qualquer espécie);
- Incluir links desnecessários( pornografia e outros sem interesse sem assunto do post).

Solicitamos que não submeta o seu comentário mais de uma vez.

FREGUESIA DE MÓS - ANTIGA VILA MEDIEVAL

Todo o conteúdo deste Blog/Site é informativo tem como principal objectivo dar a conhecer a freguesia de Mós "ANTIGA VILA MEDIEVAL" - Concelho de Torre de Moncorvo, não se pretende concorrência com outras páginas, regionais e locais, nem se pretende qualquer divisão, não são aceites artigos e assuntos relacionados com política nem publicidade comercial. Todas as fotografias são dos autores devidamente identificados agradeço que não efectuem cópias nem que sejam utilizadas sem autorização dos mesmos, informa-se que o identificador de IP e de rede local se encontra activado, podendo ser fácil de identificar o autor da cópia.
Obrigado

Benvindo ao Blog/Site da Vila Antiga Medieval de Mós -PARTICIPE - DIVULGUE - COLABORE - Aceitamos Colaboradores para editar e publicar Textos e Fotografias Próprias - Todo o conteúdo do Blog/Site é protegido pelas leis de direitos de autor e direitos conexos, proibido fazer cópias, reprodução, difusão, transmissão, utilização, modificação, venda, publicação, distribuição ou qualquer outro uso, na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, exceptuam-se a esta interdição os usos livres autorizados por lei, nomeadamente o direito de citação, desde que claramente identificada a sua origem, todas as fotos deste Blog/Site terão a partir de hoje 03/02/2009 o carimbo do Blog/Site e o nome do seu autor/fotografo,para evitar o uso abusivo das fotos aqui publicadas, caso de dúvidas CONTACTE ADMINISTRADOR OU OS COLABORADORES

OBRIGADO

Map IP Address
Powered by

eXTReMe Tracker

TOPO

-OBRIGADO VOLTE SEMPRE - GO BACK THANK YOU ALWAYS - DE RETOUR À LA LISTE TOUJOURS VOUS REMERCIER - VOLVER ATRÁS GRACIAS SIEMPRE -TORNA INDIETRO RINGRAZIO SEMPRE - GEHEN SIE ZURUCK VIELEN DANK, DASS SIE IMER-

©-Mós-Blog-Edição 2012-Administrador
Page copy protected against web site content infringement by Copyscape